Aeroporto do Guarujá – SP tem projeto modificado

Com conclusão prevista para 2019, novo projeto prevê criação de terminal provisório. Buscando finalmente “tirar o projeto do papel”, a prefeitura de Guarujá (cidade litorânea de São Paulo) anunciou...
Base Aérea de Santos - Arquivo Digital Prefeitura do Guarujá.

Com conclusão prevista para 2019, novo projeto prevê criação de terminal provisório

 

Por Felipe Carvalho

Buscando finalmente “tirar o projeto do papel”, a prefeitura de Guarujá (cidade litorânea de São Paulo) anunciou mudanças em seu projeto inicial.

Inicialmente, a ideia era construir um grande terminal de pessoas em uma área a ser outorgada ao município, porém, devido as dificuldades de implantação, optou-se por construir um terminal provisório em área já construída.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário de Guarujá, Alexandre Trombelli, a área inicialmente escolhida para o projeto teria de obter licenciamento ambiental, haja visto a necessidade do terreno passar por desmatamento, o que demandaria muito mais tempo.

“Estamos fazendo reuniões periodicamente com a FAB (Força Aérea Brasileira) , a última aconteceu na quarta-feira passada (18). Como a última licitação não deu certo, a prefeitura conversou com os técnicos da Secretaria de Aviação Civil para construir um edital mais flexível e mais adequado às características do mercado”.

Segundo Trombelli, além do ganho de tempo, a mudança de projeto foi benéfica também do ponto de vista financeiro, pois enquanto o projeto inicial tinha custo estimado em R$ 250 milhões, o novo projeto prevê investimento inferior a um terço desse valor, o que em tese, fará com que mais empresas e consórcios se interessem em participar do processo de licitação, uma vez que com execução mais rápida e custo inferior, o retorno financeiro do investimento será mais breve.

Após a mudança anunciada, o objetivo agora é iniciar as construções do terminal provisório, do estacionamento e de um píer para facilitar o acesso via Santos em uma área já desmatada, com cerca de 20 mil metros quadrados, pertencente à Base Aérea de Santos.

A administração municipal segue em busca da concessão de uma área de 50 mil metros quadrados, para a expansão do terminal definitivo.

A expectativa é que o edital do novo projeto seja publicado em até 60 dias para em seguida, iniciar-se a abertura do processo licitatório, que terá previsão de duração de 90 dias. Após esses trâmites, aí sim finalmente as obras deverão ser iniciadas.

“Esperamos que, em 2019, o aeroporto esteja pronto e realizando os primeiros voos. Depois disso, a vencedora da licitação deve planejar o plano de expansão”, finalizou Trombelli.

 

Compartilhe
error
Categorias
Aeroportos & InfraestruturaAeroportos & Infraestrutura - Notícias
Sem comentários

Leave a Reply

*

*

POSTS RELACIONADOS

EnglishPortugueseSpanish
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial