Airbus quer viabilizar voo de 2 aeronaves juntas em voos de longo curso

Projeto fello'fly é baseado na natureza a exemplo do voo dos gansos.

A Airbus lançou o fello’fly, seu mais recente projeto de demonstração inspirado na biomimética *, que deve aumentar o desempenho ambiental de aeronaves comerciais e causar um impacto significativo na redução de emissões para a indústria da aviação.

O projeto fello’fly da Airbus visa demonstrar a viabilidade técnica, operacional e comercial de duas aeronaves que voam juntas para voos de longo curso.

Por meio do fello’fly, uma aeronave seguidora recupera a energia perdida pela esteira de uma aeronave líder, voando no fluxo suave de ar que cria. Isso fornece sustentação à aeronave seguidora, permitindo diminuir a pressão do motor e, portanto, reduzir o consumo de combustível na faixa de 5 a 10% por viagem.

A solução técnica em que a Airbus está trabalhando envolve as funções de assistência ao piloto necessárias para garantir que a aeronave que eles estão pilotando permaneça posicionada com segurança no fluxo de ar da aeronave que eles estão seguindo, mantendo a mesma distância, a uma altitude constante.

Em termos de solução operacional, a Airbus está trabalhando, em colaboração com companhias aéreas e provedores de Controle de Tráfego Aéreo (ATC), para identificar as necessidades operacionais e soluções adequadas para o planejamento e execução das operações do fello’fly.

Isso destaca a importância da Airbus na condução de atividades em todo o setor para atingir as metas de redução de emissões definidas pela Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO) e pelo Comitê de Proteção Ambiental da Aviação (CAEP).

A Airbus deve iniciar testes de voo com duas de suas aeronaves A350 em 2020. Dado o alto potencial de um impacto ambiental positivo para a indústria, a Airbus está mirando um cronograma ambicioso para um EIS (Entry-Into-Service) controlado, que é esperado antes de meados da próxima década.

Este novo projeto demonstrador para operação otimizada da aeronave, fortalece a posição da Airbus em um campo em que já está investindo fortemente e concentra seus esforços de pesquisa no desenvolvimento, inovação e alavancagem de tecnologias emergentes, contribuindo diretamente para a compensação sustentável de emissões, reduzindo a pegada ambiental da aeronave. indústria da aviação como um todo.

 

* Biomimética: a concepção e produção de materiais, estruturas e sistemas inspirados na natureza

Fonte: airbus

 

Compartilhe
error
Categorias
Indústria & PesquisaIndústria & Pesquisa - Matérias
Sem comentários

Leave a Reply

*

*

POSTS RELACIONADOS

EnglishPortugueseSpanish
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial