Boeing cria aeronave que poderá atender as demandas da Uber

Gigante norte-americano desenvolve veículo aéreo autônomo que poderá voar......

Gigante norte-americano desenvolve veículo aéreo autônomo que poderá voar em grandes centros urbanos

A corrida pela nova fronteira da aviação ganhou um importante reforço com a Boeing completando com sucesso o primeiro voo de teste do seu veículo aéreo de passageiros autônomo.

A divisão Boeing NeXt, responsável pelos estudos de mobilidade aérea urbana, utilizou a Aurora Flight Sciences, também subsidiária da Boeing, para projetar e desenvolver uma aeronave experimental elétrica de decolagem e aterrissagem vertical (eVTOL).

O protótipo completou uma decolagem controlada, pairando e pousando, validando as funções autônomas e os sistemas de controle de solo do veículo. Segundo a Boeing, os voos futuros testarão o voo nivelado, fases de transição entre os modos vertical e de voo direto. A fase de transição de voo é ainda o maior desafio de engenharia para qualquer tipo de aeronave VTOL. Modelos como o V-22 Osprey, F-35 Lightning II e Harrier exigiram longos processos de ensaios e engenharia para solucionarem a questão.

“Em um ano, evoluímos de um projeto conceitual para um protótipo voador”, disse o diretor de tecnologia da Boeing, Greg Hyslop.

Medindo 9,44 metros de comprimento e 8,53 metros de largura, sua fuselagem avançada integra os sistemas de propulsão e de asa em uma solução hibrida de voo.Alimentado por um sistema de propulsão elétrica, o protótipo é projetado para um voo totalmente autônomo de decolagem a pouso, com alcance de até 50 milhas (80,47 km).

“A autonomia certificável vai tornar a mobilidade aérea urbana silenciosa, limpa e segura possível”, disse John Langford, presidente e diretor executivo da Aurora Flight Sciences.

O conceito de veículo aéreo autônomo tem sido pesquisada por diversos fabricantes, como a Embaer, que trabalha em parceria com a Uber para o desenvolvimento de um projeto viável para atender a demanda de transporte nos grandes centros urbanos. Sistema poderá permitir se deslocar em cidades, como São Paulo, em poucos minutos e com baixo custo para o usuário.

O voo de teste representa o marco mais recente para o Boeing NeXt, que trabalha com agências reguladoras e parceiros do setor para desenvolver um novo ecossistema de mobilidade e garantir um futuro em que veículos aéreos autônomos e pilotados coexistam com segurança. A Boeing NeXt também trabalha em um veículo aéreo de carga totalmente elétrico não tripulado (CAV) projetado para transportar até 227 kg e outras plataformas de mobilidade urbana, regional e global. O CAV completou seu primeiro voo em 2018, devendo realizar a transição para testes de voo ao ar livre ainda este ano.

 

Fonte: https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/boeing-cria-aeronave-que-podera-atender-demandas-da-uber_4155.html

Compartilhe
error

Posts Relacionados

Categorias
Indústria & PesquisaIndústria & Pesquisa - Notícias
Sem comentários

Leave a Reply

*

*

POSTS RELACIONADOS

EnglishPortugueseSpanish
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial