Incidente com T6 de treinamento nos Estados Unidos

Um Texan II da Marinha T-6 aterrissou sem baixar o trem de pouso na pista 18 do Aeroporto do Condado de Aransas. O acidente teria acontecido no dia 16...
T6II_T&G - Tom Morris

Um Texan II da Marinha T-6 aterrizou sem baixar o trem de pouso na pista 18 do Aeroporto do Condado de Aransas. O acidente teria acontecido no dia 16 de julho de 2018, o gerente do aeroporto, Mike Geer, disse que ninguém ficou ferido, mas a aeronave ficou avariada.

 

 

Por William Lima

Um Texan II da Marinha T-6 aterrizou sem baixar o trem de pouso na pista 18 do Aeroporto do Condado de Aransas. O acidente teria acontecido no dia 16 de julho de 2018, o gerente do aeroporto, Mike Geer, disse que ninguém ficou ferido, mas a aeronave estava desativada.

T6 acidentado na pista 18 no aeroporto de Aransas – EUA – MIKE PROBST

Geer, que não testemunhou o acidente em primeira mão, disse que entende que o trem de pouso foi retraído após o primeiro toque e arremetida (Touch and Go T&G) e tanto o aluno quanto o instrutor não se lembraram de acioná-lo novamente após a arremetida.

“Normalmente eles deixam o trem de pouso baixado enquanto se aproximam, no entanto, o estudante o retraiu após o primeiro T & G nesta ocasião”, disse Geer. “O T-6 Texan II não tem alarme sonoro para indicar a condição do trem de pouso. Os pilotos devem confiar comente nos indicadores visuais”.

No passado a Marinha utilizava um oficial na pista (Runway Duty Officer – RDO) para verificar visualmente o trem de pouso enquanto os treinadores faziam a aproximação final. No entanto, desde o advento do T-6, o RDO foi eliminado.

O Texan II T6, é uma aeronave de treinamento, desenvolvida para instrução de novos pilotos e é utilizada pela US Navy (Marinha Americana). A aeronave conta com telas de multi-função, sistemas digitais e ampla visão situacional, proporcionada por seu cockpit em bolha, capacitando os novos pilotos aos sistemas usados nos caças mais modernos da marinha americana.

Uma aeronave de pequenas dimensões, 10,2m de envergadura e 10,16m de comprimento de fuselagem, tem capacidade de carga máxima na decolagem de 6,900lb (3.130kg), mantendo o mesmo peso para pouso e é impulsionado por um turbo-hélice de 1,100 Shp (820Kw). Conta ainda com 6 pontos de fixação de armamentos e pods externos, podendo levar combustível extra, para voos de longa duração. Com capacidade interna de combustível de 1.200lb (544kg) dando uma autonomia de 884Nm (1.637Km) e ainda pode contar com dois tanques externos totalizando 2,054lb (932Kg), isso expande sua autonomia para 1,382Nm (2.559Km). A aeronave é desenvolvida e fabricada pelo grupo Textron Aviation, proprietária da Beechcraft Aircraft nos Estados Unidos.

Texan II T6 – Textron

Fontes: Textron e Rockportpilot

Compartilhe
error
Categorias
Aviação Militar
Sem comentários

Leave a Reply

*

*

POSTS RELACIONADOS

EnglishPortugueseSpanish
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial