PortuguêsEnglishEspañol
  

Investigações apontam que forte ventania foi fator chave para queda da aeronave.

Por Felipe Carvalho

O vento teria sido o grande vilão da tragédia envolvendo a morte de 5 pessoas na queda de um helicóptero Agusta Westland AW109, ocorrida no último sábado (3).

É o que aponta investigações preliminares, que em seus registros, sugerem que ventos de até 40 kts de rajada teriam causado a queda da aeronave. Junto a isso, suspeita-se também de uma possível falha na navegação, uma vez que o aparelho voava em condições IMC sem a devida habilitação IFR do piloto, o que poderia ter gerado desorientação espacial ocasionando a perda de controle do helicóptero.

Dado o caráter preliminar, todas as teses baseiam-se em suposições, aguardando o desfecho das investigações realizadas pelo CENIPA.

 

 

Compartilhe

Posts Relacionados

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta das 9h as 16h
contato@skyscience.com.br

Todos os Direitos Reservados