PortuguêsEnglishEspañol
  

Primeira companhia de “baixo custo” a chegar no Brasil, chilena Sky Airlines planeja mostrar novo rumo no sempre aquecido mercado de aviação comercial brasileiro.

 

Por Felipe Carvalho

Jaime Fernandez - Foto de Valter Silva

Jaime Fernandez durante coletiva de imprensa – Foto de Valter Silva

Durante coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (27), Jaime Fernandez, diretor comercial da Sky Airlines, relatou que a chegada da aérea chilena ao país, tem o intuito de tornar “acessível” as viagens aéreas, sobretudo pela flexibilização de itens “disponíveis” de acordo com a necessidade (e o bolso) de cada passageiro.

Digamos que o passageiro deseje utilizar a rota São Paulo – Santiago com todo o conforto, há tarifas especificas que atendem desde o numero de bagagens até a boa e velha dose de Whisky para relaxar. Caso o usuário precise realizar a viagem sem muito luxo, mas gastando menos que o comum, para se ter uma ideia, nesta mesma rota, há passagens a partir de US$ 57 (aproximadamente R$ 221,90), um preço efetivamente baixo se comparado aos cobrados comumente em terras tupiniquins.

Essa prática de “flexibilização” tarifária é algo bastante comum na europa, porém novidade no Brasil, afinal a Sky é a primeira companhia nesse estilo que recebeu autorização da ANAC a operar por aqui. Quando perguntado do motivo pelo qual a Sky conseguiu tão rapidamente a permissão de operação no Brasil (diferente da Norwegian, por exemplo), Jaime disse que “não fizemos nada demais para acelerar o processo, apenas nosso trabalho”.

Quanto as rotas, por ora a empresa operará de forma permanente em São Paulo e Rio de Janeiro (voos partindo de Santiago) e Florianópolis, porém a última de forma sazonal.

Acerca do desejo de, no futuro, requerer autorização para voos domésticos no Brasil, Jaime disse que apenas “não há interesse”, mesmo sendo essa, uma boa possibilidade de mercado num país de dimensões continentais como o nosso. Importante frisar que ao menos, a low cost já possui parceria com agencias de viagens como Decolar.com e Submarino viagens, dando mais opções ao usuário.

De toda forma, a entrada da Sky no Brasil poderá trazer novas condutas para o nosso mercado, além de uma saudável concorrência para o mercado interno. Resta esperar para saber se o conceito de baixo custo será bem aceito num mercado tradicionalmente conservador como o nosso.

 

 

 

Compartilhe

Posts Relacionados

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta das 9h as 16h
contato@skyscience.com.br

Todos os Direitos Reservados